Atletas Brasileiros S.A

Com Relação às Controladas e Coligadas da Companhia

No caso do crescimento orgânico os riscos relacionados às nossas futuras controladas ou coligadas serão substancialmente os mesmos relacionados às nossas atividades pretendidas. No caso do crescimento inorgânico, via aquisições, teremos outros riscos, elencados abaixo:

 

Embora não sendo o ponto fulcral da nossa Companhia, é certo dizer que, um dos pilares da nossa estratégia de crescimento é a aquisição de outras sociedades de interesse de nosso objetivo social, com o propósito de proporcionar a integração da empresa com as plataformas já existentes, ou o desenvolvimento de novas plataformas de atuação.

 

Uma vez implementada a estratégia do Emissor de aquisição de participação societária, seus resultados financeiros poderão ser influenciados pelo fluxo de caixa e pelos lucros ou prejuízos das sociedades nas quais investirá e por uma série de fatores que podem estar alheios ao seu controle.

 

Buscaremos sociedades em diferentes regiões de atuação para ampliarmos o raio de ação da Companhia e sua capilaridade geográfica, avaliaremos o potencial do mercado onde atuam, a qualidade e o potencial dos atletas de seu portfolio, a segurança jurídica destes contratos, o retorno do investimento e as possíveis sinergias com as sociedades que eventualmente já fizerem parte do nosso portfólio.

 

No entanto, a realização de aquisições que contribuam para o nosso crescimento e que agreguem valor ao nosso negócio e aos nossos acionistas depende de diversos fatores, dentre eles, nossa capacidade de identificar empresas ou ativos para aquisição, negociar preços adequados, selecionar potenciais Sócios e Administradores, bem como integrar e manter a qualidade da operação das empresas ou ativos adquiridos. A análise errônea de quaisquer desses fatores pode resultar em uma aquisição não adequada ao nosso plano de expansão, o que poderia resultar em um efeito adverso. Esta interdependência põe em risco a própria estratégia de crescimento da Companhia.

 

O Emissor não pode assegurar que as sociedades nas quais investirá terão um bom desempenho, nem que os recursos obtidos pelas atividades desenvolvidas por essas sociedades contribuirão para o Emissor arcar com suas obrigações e para realizar distribuição de dividendos aos seus acionistas.

 

Dependendo dos resultados obtidos por essas sociedades e da política de distribuição de lucros por elas adotada, os resultados do Emissor e a distribuição de dividendos aos seus acionistas - inclusive sob a forma de juros sobre capital próprio - poderão ser impactados adversamente.

 

Além disso, eventuais aquisições poderão aumentar nossos custos, bem como exigir que aumentemos nossa dívida ou acessemos os mercados financeiros e de capitais, inclusive mediante a emissão de novas ações, o que poderá acarretar na diluição da participação societária de nossos acionistas em nosso capital social.  Adicionalmente, tais aquisições poderão gerar ágio, cuja amortização poderá impactar nossos resultados e, consequentemente, reduzir os dividendos a serem pagos aos nossos acionistas.

 

O processo de integração das operações de empresas que venhamos a adquirir no curso dos nossos negócios pode resultar em dificuldades de natureza operacional, contábil, comercial, financeira e contratual, incluindo, mas não se limitando à:

 

(i)    dificuldade em mantermos um bom relacionamento com as sociedades que serão adquiridas, incluindo os sócios-fundadores;

(ii)   dificuldade de integrar operações, contabilidade, pessoal, sistemas de informações gerenciais, esforços de pesquisa e desenvolvimento, marketing, logística, vendas e suporte, bem como problemas na assimilação das tecnologias;

(iii)  potencial perda de empregados-chave do negócio adquirido futuramente, incluindo grupo de apoio e Sócios-Fundadores; e

(iv)  custos adicionais não programados relacionados à operação de integração.

Em razão de quaisquer dos fatores mencionados acima, podemos não ser capazes de implementar com êxito nossa estratégia de integração das empresas adquiridas futuramente ou de obter os patamares esperados de redução de custos. 

 



Companhia Aberta
Código CVM 22934

COTAES


TRABALHE CONOSCO BM&F BOVESPA | CVM | CBLC