Com Relação aos Acionistas da Companhia

O Estatuto Social, em conformidade com a Lei 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (“Lei das Sociedades por Ações”), determina que o Emissor deva pagar aos seus acionistas dividendos no valor mínimo de 25% do lucro líquido de cada exercício.  Os ajustes do lucro líquido para fins de determinação da base de cálculo dos dividendos incluem alocações a várias reservas que podem, efetivamente, reduzir o valor disponível para o pagamento de dividendos.

 

O Emissor pode alterar a sua política de distribuição de dividendos a qualquer tempo e, inclusive, não pagar dividendos aos seus acionistas em qualquer exercício social, caso o Conselho de Administração determine que tais distribuições são incompatíveis com a situação financeira do Emissor.  Desde a constituição do Emissor, o mesmo não apresentou lucro e não houve até o momento qualquer distribuição de dividendos.

 

É possível que o Emissor tenha que recorrer a recursos adicionais no futuro a fim de colocar em prática sua estratégia de crescimento por meio, por exemplo, da aquisição de novos negócios. O Emissor pode não obter financiamentos atraentes para isso, e, portanto, é possível que tenha que recorrer a operações de emissão pública ou privada de ações ou outros valores mobiliários para captar recursos adicionais no futuro.

 

Qualquer captação de recursos através de emissão pública pode ser realizada com a exclusão do direito de preferência dos acionistas, incluindo os investidores das Ações, o que pode resultar na diluição da participação do referido investidor.

 

Após a Companhia ser listada na BM&FBovespa não se pode prever se um mercado de negociação líquido e ativo – ou qualquer mercado – para as Ações se desenvolverá ou será mantido.  Mercados de negociação ativos e líquidos normalmente resultam em uma menor volatilidade de preços e a execução mais eficiente de pedidos de compra e venda dos investidores.  A liquidez de um mercado de capitais frequentemente decorre do volume de títulos detidos publicamente por partes não relacionadas. O Emissor não pode assegurar que haverá liquidez para as Ações, o que poderá limitar consideravelmente a capacidade do adquirente das Ações de vendê-las pelo preço e na ocasião desejados.

 

Para a atração e retenção de administradores o Emissor estabeleceu um Programa de Outorga de Opção de Subscrição e/ou Compra de Ações do Emissor de que trata o item 13.4 deste Formulário de Referência, através do qual o conselho de administração do Emissor, respeitado o limite de capital autorizado, pode outorgar opções de subscrição e/ou compra de Ações a administradores, empregados ou prestadores de serviço que trabalhem para o Emissor ou suas controladas.

 

À medida que tais opções de subscrição e/ou compra forem exercidas, ações ordinárias do Emissor serão emitidas e alocadas aos beneficiários das opções com a exclusão do direito de preferência dos acionistas do Emissor. Em consequência disso, os acionistas do Emissor serão diluídos à medida que cada opção for exercida.




Companhia Aberta
Código CVM 22934

COTAES


TRABALHE CONOSCO BM&F BOVESPA | CVM | CBLC